domingo, 22 de maio de 2011

Morando sozinha


Passei no vestibular e me mudei. Mudei de cidade, de estado e fui morar sozinha. Tem coisa que gasta mais do que morar sozinha? Não cozinho, portanto, gasto horrores com comida. E ainda tem a luz, a água, o aluguel... Mas um dia desses achei um blog incrível que dá várias dicas de economia, organização entre várias outras coisas. Amei! Lá tem umas dicas para quem vai morar sozinho. Pena que eu não lia esse blog na época que eu vim para cá.
Algumas das dicas que eu mais gostei:
• A primeira providência é montar uma planilha com todos os seus gastos. Isso é fundamental para nunca perder o controle.
• Se você tem algum dinheiro guardado para começar a mudança, você é uma pessoa abençoada. Se você não tem, calma! Dá pra fazer, ainda que com algumas restrições. Em primeiro lugar, liste o que você já tem. Você irá se surpreender com a quantidade de coisas que dá para usar: cabides, mesinhas, luminárias, panelas que sua mãe não usa mais. Não subestime nada!
Nunca comprometa mais de 1/3 da sua renda com o aluguel. O ideal é 1/4. Isso significa que, se você ganha $1.200, o aluguel ideal é $300, e no máximo $400. Você pode pagar um aluguel que consuma metade do seu salário somente se você ganha super bem.

• Alimentação, a coisa é 0 ou 80: comendo em casa você economiza, comendo fora você vai gastar horrores. $300 é uma média razoável de gastos mensais com alimentação, sem contar o almoço que teoricamente é pago pela empresa que você trabalha. É importante levar em conta seus hábitos alimentares.
• É imprescindível moderar gastos a mais, como com roupas, DVDs etc. Tudo o que você puder poupar, que seja $1, $10 ou $100, é muito importante. Por mais que você tenha seus gastos fixos, há gastos que sempre aparecem: uma consulta inesperada ao destista, uma torneira que precisa ser consertada… E tudo isso pode estourar o seu orçamento se você não tiver uma pequena poupança para esse tipo de imprevistos.
Roupas limpas. Você pode ter uma máquina de lavar ou fica mais barato levar na lavanderia, por enquanto? De qualquer forma, uma solução prática terá que ser encontrada.
• Nunca, jamais, em hipótese alguma, compre em lugares tipo Casas Bahia, Marabras, blablabla e entre em carnês, dívidas no cartão ou empréstimos. Você não vai conseguir pagar e vai afundar. Isso é sério. Esqueça totalmente. Viva com o que dá. Priorize suas compras. Se não der para comprar a cama e o colchão este mês, compre o colchão e deixe a cama para quando puder. Você terá que tomar decisões: preciso mais de uma mesa de centro ou de um fogão? Um rack ou o chuveiro?
Não queira ter tudo e fazer tudo no começo. Você vai ter que caminhar devagar, fazer uma coisa de cada vez. O importante é ter o lugar onde morar e o básico: onde dormir, onde cozinhar, onde estocar comida, onde lavar roupas. Para tudo se dá um jeito. Comece devagar, economize sempre que puder e gaste somente com o necessário. Vai dar tudo certo.
Gostou? Quer ler o post inteiro? Então clique aqui .
Beijos. 

2 comentários:

  1. Érika adorei a idéia do seu blog!!! Estou torcendo por vc!

    ResponderExcluir
  2. Legal. Mas eu sou vegano e vou morar numa casa sem mobília. Tem uma dica de como comprar alimentos para comer in natura sem gastar muito?

    ResponderExcluir